terça-feira, 9 de junho de 2015

Mulheres Terra-Mãe































































LENA GAL nasceu  nos Fenais da Ajuda Concelho da Ribeira Grande em S. Miguel Açores. Exposições individuais e coletivas  desde 1987,  em Portugal, Espanha, França, Itália, Finlândia, México, Argentina, Emirados Árabes Unidos e nos EUA. Tem a sua obra representada no Banco Comercial Português, Whaling Museum, Mass (EUA); Art Ntwork Ed, Ca-(EUA); Museu de Arte Contemporânea (Funchal); Centro Cultural  Casapiano (Lisboa);  University of South Carolina, Spartanburg (EUA); Clínica Medmulher-Medicina da Mulher Lda (Lisboa); Museu de Arte Mundial Contemporânea António Gualda – Estado de Durango –Mexico , Bristol Community  College Mass USA, Museu Artenarede, Nova Friburgo, Brasil, Museu de Ovar, , Projecto  Art for All /Religare, Museu Municipal de Esposende, Museu Municipal de Loures, Museu Municipal da Lagoa Algarve . Casa  Lena  Gal  na Ribeira Grande  S. Miguel Açores, situada junto ao Museu da Emigração (um espaço de exposição de pintura permanente aberta ao público, titulada pela  CMRG  e em centros culturais, museus e várias Instituições estatais; e em colecções particulares em Portugal, EUA, Áustria, França, Reino Unido, Espanha, Alemanha, Dinamarca, México e Brasil.

Bibliografia: Catálogo Nacional de Antiguidades e de Arte, Editora Estar; Anuário das Artes Plásticas 1998, Editora Estar; Enciclopédia of Living  Artist ArtNetwork Ca. (EUA); Who’s who in the  World Marquis Who’s who NJ (EUA); 50 anos de Arte, Pintura e Escultura em Portugal, Universitária Editora; Livro/catálogo, Premio San Valentino (Itália);  Dizionario Enciclopédico Internazionale i Contemporaneo, Edições Casa Editrice (Itália), 2001/2002, 2002/2003 e 2004/2005; Dicionário Arte Euro-Americano, Buenos Aires (Argentina); Diretório de Artes 2005/2006, Linhares; livro/catálogo Arte Axuda Galicia, Edita Marea Branca; Arte no Feminino – Quem é quem na pintura portuguesa no séc. XXI, Produções Anifa Tajú; o Figurativo nas Artes Plásticas em Portugal no séc. XXI, Produções Anifa Tajú; obra Guardiãs do Graal inserida no Livro de Cavalaria de Manuel de Sousa; Pintura Contemporânea Portuguesa 100 pintores, Editor Oro Faber/ Chancela Real; Mulheres Terra-Mãe 20 anos de pintura de Lena Gal (com o patrocínio da CM Cascais e do Projeto Art for Al;  revista de Estudos Saramaguianos, com texto de análise   O feminino  na escrita de José Saramago   –  inquietudes diante do trabalho artístico de Lena Gal, de Pedro Fernandes de  O. Neto, com  seis imagens ( pinturas) alusivas à exposição O feminino na escrita de José Saramago, Editora Patuá  (Brasil) e a Fundação José Saramago  (Lisboa);  semiótica  Simbologia na pintura de Lena Gal – ao encontro do mito Universal da Terra-Mãe; Mestrado em Património Museologia/Historia de Arte Universidade dos Açores;  Raquel Pinto ilustração da capa do livro Retratos para a construção do Feminino na prosa de José Saramago  de Pedro Fernandes de Oliveira Neto (Brasil), Capa e sub-capa  do CD The  Crow New Band Muse,  de Nuno Flores;  capa  do livro de Alda Cabrita  Todos os Sentidos da Editora Rumoresdenuvens; ilustração do livro Notas à Sombra dos Tempos; Livro Oráculo, de Mariana Inverno Religare; capa do livro  Tempo da alma,  de Cecília Vilas Boas, Chiado Editora; Ilustrações para o Livro  e Cd  Seis canções para crianças de José Miguel Vitoria Rodrigues ; Hemerótica: Visão das Artes plásticas 2000/2001, Lisboa; revista Espaço & Design; Revista Eles e Elas; revista Casa e Jardim, Diário de Noticias, Correio da Manha e Jornal de Noticias; Espanhol Providence (EUA); A voz de Serra, Nova Friburgo (Brasil); O Diabo; Portuguese Time; Tribuna da Madeira; Diário de Noticias da Madeira ; Tauton Daily Gazett (EUA); Jornal AméricaNews Connecticut, Rhode Island Mass; Diário dos Açores; Correio dos Açores; Revistart  (Barcelona); outra Imprensa jornais e magazines (México,  Brasil, EUA e Portugal). Entrevista no RTP2 programa Entre Nós, Universidade Aberta (2006); RTV – Canal 88; Rede ZONTvE (Madrid); TvE (Barcelona); TV USARTP Açores (2006). Filmografia: Filmoteca Nacional – Artistas em vídeo| Curta-metragem realizado por Álvaro Queirós.
___________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com sentimento sincero e responsabilidade, fique à vontade para comentar.